terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Uruguaio diz que participou de operação para matar Jango

video

Um homem que diz ser membro do serviço secreto uruguaio contou que espionou e gravou conversas de João Goulart nos anos 70. Ele disse que está à disposição do governo brasileiro para esclareer o caso.

Ele conta que, na década de 70, espionou e gravou conversas do ex-presidente João Goulart - exilado no Uruguai e na Argentina - e que o delegado Sergio Fleury, acusado de torturar e matar opositores políticos durante a ditadura militar [1964-1985], acertou detalhes da operação.

Fonte: G1

Nenhum comentário: